terça-feira, 13 de setembro de 2011

Noivado - O Início do nosso Casei

Boa tarde meninas!
Bem, ontem estava passando bem mal e tive que resolver alguns problemas, daí não att e li alguns pouco blogs.
Meu armário deu problema, daí já viu né!
Fora essa falta de unidade que meu Deus tá tenso, moro aqui, ou melhor, nasci aqui e nunca senti tanto o período de seca como estou sentindo agora, mas enfim, vamos ao que interessa.
Resolvi não mais pular etapas...
Vamos começar o casei pelo princípio, como tudo começou e assim de maneira cronológica vou contar TUDO que aconteceu, as coisas boas e as ruins.
O meu noivado foi a coisa mais engraçada.
Estávamos passando por um processo um tanto quanto complicado em nossas vidas.
Ambos empolgados com as prováveis carreiras, cansados de viver a vida de namorados, mas sem grana para mudar de rumo.
Eu como boa geminiana que sou queria tudo e todos! Estava muito cansada e queria voar mais alto, com ou sem ele, estava muito decidida!
Ele ansioso, mas sem muitas esperanças alguma de mudanças.
Brigávamos muito.
Viajei fui fazer missões, levar a palavra de Deus a comunidades distantes, bem isso era o que eu imaginava né.
Chegando lá fui surpreendida com tanto exemplo de fé e esperança em Deus!
Famílias, muitas famílias. A evangelizada no fim das contas fui em.
Quando cheguei resolvi que não iria mais me ater a pequenos problemas que daquele dia em diante seriam só grandes problemas e se não são grandes não mereceria mais minha atenção.
Fui surpreendida com um jantar de despedida, sim o noivo fez o jantar e ainda me enganou, agiu como se estivéssemos terminado os tantos anos de namoro.
Fiquei indignada achando que ele tinha me traído, pois veio com uma estória "fiz uma coisa e depois disso que fiz, não dá mais. Você não pode mais ser minha namorada".
Quase infartei, "meu Deus ele me traiu e vai ser pai", já pensei que era isso. Mas ele parecia tão tranquilo que no fundo eu não acreditava que era isso mesmo.
Após um longo discurso ele diz: "Você não poderá mais ser minha namorada pois quero que seja minha noiva, minha esposa e a mãe dos meus filhos"
Há, imagina minha cara!!! o.O
Depois disso avisamos a minha família no aniversário do meu sobrinho, mas os pais deles não estavam em Brasília, daí resolvemos fazer uma jantar simples, já com as alianças definitivas assim que eles voltassem.
Mas como minha família é enorme nada é simples, tudo é um evento! Hahahaha.
Comprei tinta e massa para reformar a casa, afinal noivado é na casa da noiva né.
Fizemos e organizamos tudo em mais ou menos 20 dias. Tá vendo como é bom ter família grande?!
Por fim dia 21 de agosto de 2010, por pura coincidência, foi o nosso jantar de oficialização do Noivado.
Servimos estrogonofe de carne e de frango.
Para facilitar e evitar que alguém da família ficasse na cozinha alugamos um  rechaud muito parecido com ↓ este.
Isso ajudou muito! #FicaDica
Aluguei outro menor para o arroz, usei travessas decoradas para a batata palha e saladas.
As sobremesas foram sorvetes, pois não queríamos nada que desse muito trabalho, já tínhamos muitas coisas pra fazer.
E essas são algumas fotos no nosso noivado.
 Os noivo
Os pais
O brinde
Bem meninas é isso, o post é enorme, mas tinha que partilhar com vocês para que entendessem um pouquinho melhor a nossa história e nosso casei!
Fiquem com Deus e até a próxima.
Beijinhos!

3 comentários:

  1. Que lindo, Martinha! Tão bom saber mais das histórias de vocês...
    Sua linda!
    Bjo

    ResponderExcluir
  2. Muito legal sua historia!!!!!!
    Bjosss

    ResponderExcluir

Aqui é a parte mais importante do blog, pois é onde fica sua opinião!
Seja bem vinda e volte sempre! ^^,